terça-feira, 29 de novembro de 2022

Núcleo de Goiânia promoveu Encontro de Formação


A Rede Um Grito Pela Vida, núcleo de Goiânia, da CRB – Conferência dos Religiosos de Goiás, realizou no dia 19 de novembro de 2022, uma tarde de formação para os seus membros, estendendo o convite para quem quisesse participar, oportunizando a formação de multiplicadores. 

O Encontro aconteceu no Centro de Pastoral Dom Antônio. Participaram 37 pessoas. Foi assessorado pela psicóloga Maria Luiza Moura Oliveira (Malu), graduada e mestra pela PUC Goiás. Malu participa da Sociedade Brasileira de Pediatria e faz parte do Observatório Latino-Americano sobre Tráfico de Pessoas. Dedica seu trabalho a atender crianças e adolescentes em situação de violência e, portanto, vulnerável. 

O encontro foi muito participativo, havendo interações o tempo todo. O tema central foi: “O Tráfico de Pessoas – Informar-se para prevenir”. 

O tráfico de pessoas é um assunto ainda muito obscuro, difícil de aceitar e compreender. Trata-se de uma realidade muito dura e cruel, um crime que acomete pessoas em situação de vulnerabilidade. Qualquer pessoa pode ser vítima do tráfico, sobretudo jovens e/ou adultos que, procurando melhorar sua situação econômica e qualidade de vida, buscando emprego, encontram propostas vislumbrantes. Uma grande parcela da população, principalmente os mais desprovidos de bens materiais, é a mais vulnerável para cair nessa malha sutil que é o tráfico. Os cuidados com as crianças e adolescentes, a sua formação desde a família, a escola, a sociedade, são muito importantes, como prevenção. Uma educação que dê direito a criança a se manifestar, não apenas aceitar normas e regras, sempre caladas, é imprescindível. 

O tráfico não se trata de algo que acontece por acaso e de repente. Trata-se de uma organização nacional e internacional muito bem planejada e articulada. Para prevenir e combater este crime necessitamos atuar em rede. Deixamos aqui o contato da nossa Rede para quem se interessar em conhecer mais sobre este assunto e fazer parte dessa rede solidária, onde quer que esteja inserida/o.

por Vera Tomaz, secretária da Rede-Núcleo de Goiânia


sexta-feira, 25 de novembro de 2022

Rede Um Grito Pela Vida recebe prêmio em Sobral, no Ceará



A Rede Um Grito Pela Vida será uma das entidades homenageadas com o Prêmio Valores Comunitários 2022, promovido pela Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, presente na cidade de Sobral, no Ceará.

Na comunicação enviada à coordenação nacional da RUGPV, Ângelo Bruno L. de Oliveira, Presidente da Estaca Sobral Brasil de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, destaca que a honraria é oferecida à Rede “pela excelente contribuição que tem prestado a nosso município e região, por meio de suas ações. O Prêmio é ofertado pela Igreja, em nossa cidade, desde 2017, a pessoas e entidades dos mais variados extratos sociais, em reconhecimento por ações, isoladas ou coletivas, que visam ao bem comum, nas mais diversas áreas.”, afirmou.

A premiação será entregue nesta sexta-feira, 25 de novembro, na sede da Igreja.

Dia Internacional pela Eliminação da Violência contra as Mulheres


Violência física, psicológica, emocional, sexual, patrimonial, moral e o feminicídio. A violência contra as mulheres tem nome, rosto e corpo. É preciso gritar forte diante dessa triste realidade. É preciso mostrar que a mulher violentada não está só!

Não se cale! Denuncie!  Disque 100, Disque 180!

terça-feira, 22 de novembro de 2022

Uma esperança renasce em nosso coração esportivo



É próprio deste tempo de COPA DO MUNDO despertar em nosso povo, alegrias, sonhos, euforias e esperanças de ver nossa Nação contemplada e reconhecida mundialmente por mais um título mundial na arte do futebol, não é mesmo?

Por outro lado, todo cuidado é pouco, para não cair em nenhuma “armadilha” chefiada por pessoas e grupos mal intencionados, que tentam lucrar financeiramente através de ações e práticas fraudulentas aliciando: mulheres e homens para fins de “exploração sexual,”, “ trabalho escravo”, tráfico humano esportivo” e outras propostas que ameaçam nossos jovens, crianças e adultos com ofertas de ganho fácil de dinheiro.

Não permita que nada e ninguém roube seu direito de sonhar com um Brasil de cara feliz, livre de exploradores e explorados. Sejamos pessoas de esperança e sabedoria partilhada. “Um olho na festa” e o outro no “cuidado com a vida”!

Nosso maior troféu é a vitória contra o Tráfico de Pessoas e o fim da exploração sexual e  escândalos contra nossas crianças e adolescentes.

A qualquer sinal desses crimes, por favor denuncie: DISQUE 100 – Não se omita!

“O  SILÊNCIO FAZ DO TRÁFICO DE PESSOAS UM CRIME INVISÍVEL”

Rede Um Grito pela Vida – Núcleo de São Paulo - Brasil



segunda-feira, 21 de novembro de 2022

Ano Vocacional


Com o tema: “Vocação: graça e missão” e lema: “Corações ardentes, pés a caminho”, celebramos a alegria da abertura do Ano Vocacional na Igreja do Brasil. Todas as pessoas são convidadas a rezar, refletir e dar sua resposta ao chamado que Deus faz, colocando-se em saída missionária.

Como Rede Um Grito Pela Vida, trabalhamos juntos neste ano Ano Vocacional. Entendemos que VOCAÇÃO é graça e dom que se coloca à serviço do Reino, especialmente dos (as) mais vulneráveis, os preferidos (as) de Deus.

Todo vocacionado e vocacionada – seja à vocação religiosa, familiar e leiga – é, por excelência, um agente promotor da vida. Por isso, o nosso convite é para que você também viva a sua vocação na mística, profetismo e luta em favor das milhares de crianças, adolescentes, homens e mulheres  traficados, que clamam por liberdade, cidadania, justiça e esperança. 

Na Rede Um Grito Pela Vida, sempre haverá espaço para novos companheiros e companheiras nessa importante missão. Venha conosco!

quinta-feira, 17 de novembro de 2022

Rede Um Grito pela Vida Flipelô


A Rede Um Grito pela Vida, Núcleo de Salvador, nos dias 04 a 06 de outubro participou da Flipelô, a Festa Literária Internacional do Pelourinho. Fortalecendo o lugar da literatura enquanto linguagem artística. Esta aconteceu no Centro histórico de Salvador (BA). Nosso objetivo foi de dar visibilidade ao trabalho da Rede e sensibilizar o público transeuntes.

Foram dias de muito trabalho e interação com os adolescentes e jovens das escolas que passaram pelo evento.  A cartilha “Nos passos de Maria” chamou muito atenção do público jovens e despertou interesse para temas de redação na escola.

Para este evento nosso núcleo contou com um grupo de voluntários que se esforçaram para que este o mesmo acontecesse. Foi lindo! E muito gratificante esta missão. A todos nosso muito obrigada!


quarta-feira, 16 de novembro de 2022

Prioridades da Rede Um Grito Pela Vida 2023-2025

A Assembleia Nacional Eletiva da Rede Um Grito Pela Vida apontou as prioridades na causa que promovemos. Vamos conhecer?











segunda-feira, 24 de outubro de 2022

A favor de Lula: Rede Um Grito Pela Vida subscreve nota "Profecia e Esperança"


A Rede Um Grito Pela Vida é uma das entidades que subscrever a nota “Profecia e Esperança”, comunicado público organizado pela Comissão Brasileira de Justiça e Paz, da CNBB; pelo Conselho Nacional do Laicato do Brasil (CNLB), e pela Conferência dos Religiosos/as do Brasil, a CRB Nacional.

Diante do segundo turno da eleição presidencial, a nota traz o posicionamento político de apoio e pedido de voto à candidatura do ex-presidente Lula (PT).

“Temos a firmeza e a tranquilidade de nos posicionarmos em favor da eleição do ex-presidente Lula porque vivenciamos no seu anterior governo uma situação de paz, liberdade religiosa, respeito à democracia e compromisso social que precisamos reconquistar.”, afirma a nota.

O texto faz um retrospecto dos últimos anos do atual governo, cujas ações são contrárias à “Doutrina Social da Igreja Católica e ao Evangelho de Jesus.”, aponta.

Mais de 100 entidades ligadas à Igreja Católica, com atuação voltada à luta pelos Direitos Humanos, assinam o comunicado publicado em 21 de outubro de 2022.

Leia a íntegra da nota:


PROFECIA E ESPERANÇA


“Somos chamados a amar a todos, sem exceção, mas amar um opressor não significa consentir que continue a ser tal; nem levá-lo a pensar que é aceitável o que faz. Pelo contrário, amá-lo corretamente é procurar, de várias maneiras, que deixe de oprimir, tirar-lhe o poder que não sabe usar e que o desfigura como ser humano. Perdoar não significa permitir que continue a espezinhar a própria dignidade e a do outro, ou deixar que um criminoso continue a fazer mal. Quem sofre injustiça tem que defender vigorosamente os seus direitos e os da sua família, precisamente porque deve guardar a dignidade que lhes foi dada, uma dignidade que Deus ama”. (Encíclica Fratelli Tutti, do Papa Francisco, nº 241).


Nós, organismos, pastorais e instituições vinculadas ou relacionadas à Igreja Católica, vimos a público, com profecia e esperança, para nos manifestarmos quanto ao segundo turno eleitoral. Fazemos isso de maneira serena e vigilante, porque estamos preocupados com o presente e com o futuro de nosso País, com o que desejamos para nossas crianças, adolescentes, jovens, pessoas adultas e idosas.

As ações do atual presidente em favor das armas de fogo, que incentiva a violência; a sua prática constante de propagar mentiras e disseminar o ódio; a manipulação que faz das religiões como forma de poder; a sua política de destruição ambiental; as suas ações que elevaram às quase 700 mil mortes e à desproteção da vida na pandemia; a sua orientação econômica que tem gerado a fome e a miséria de nosso povo; a sua constante pregação contra as instituições do Estado Democrático de Direito; por suas más atitudes no trato das questões relativas às juventudes, às mulheres, aos negros, às pessoas LGBTQIA+ e aos Povos Originários e Comunidades Tradicionais; enfim, todos esses seus atos nos impelem a nos posicionarmos contrários à sua reeleição, para sermos coerentes com a Doutrina Social da Igreja Católica e com o Evangelho de Jesus.

Às irmãs e aos irmãos brasileiros, atingidos pelo desemprego; pelos baixos salários; pela inflação e alta dos preços, principalmente da comida; descuidados pelo governo federal na pandemia com a demora da compra de vacinas: têm a nossa solidariedade ativa! Estamos juntos na caminhada para modificar esse estado de coisas, esperançosos e esperançosas de que a democracia e nosso voto possam contribuir para modificar essa realidade, voltando a ter justiça e paz para as famílias e comunidades de nosso país.

Temos a firmeza e a tranquilidade de nos posicionarmos em favor da eleição do ex-presidente Lula porque vivenciamos no seu anterior governo uma situação de paz, liberdade religiosa, respeito à democracia e compromisso social que precisamos reconquistar.

Estamos em profunda comunhão com o Papa Francisco e com os Bispos da Igreja Católica no Brasil, pedindo a intercessão maternal de Nossa Senhora de Aparecida, para que sobre todas e todos venham a luz e o discernimento do divino Espírito, a fim de que nos comprometamos a fortalecer a democracia, os direitos humanos e a preservação ambiental neste abençoado Brasil.

Brasília 21 de outubro de 2022.


CBJP – Comissão Brasileira Justiça e Paz

CNLB – Conselho Nacional do Laicato do Brasil

CRB Nacional – Conferência dos Religiosos do Brasil

CPT Nacional – Comissão Pastoral da Terra

Conselho Indigenista Missionário – CIMI Nacional

CARITAS BRASILEIRA, Brasília – DF

Movimento Nacional Fé e Política

OLMA – Observatório de Justiça Socioambiental Luciano Mendes de Almeida

CJP-DF – Comissão Justiça e Paz de Brasília

CJP-SP – Comissão Justiça e Paz de São Paulo

CJP – São Luís do Maranhão

CRJP – MS - Comissão Regional Justiça e Paz do Mato Grosso do Sul

CRJP – SP – Comissão Regional Justiça e Paz do Estado de São Paulo

CJP – Arquidiocese de Porto Velho (RO)

CPDH – Comissão de Promoção da Dignidade da Pessoa Humana Arq. Vitória/ES

CAJP-BH - Comissão Arquidiocesana Justiça e Paz de Belo Horizonte/MG

Comissão Dominicana de Justiça e Paz do Brasil

CJP-AOR – Comissão Justiça e Paz da Arq. Olinda e Recife/PE

CJP/Londrina-PR

Comissão Justiça e Paz-CNBB N2 (PA e AP)

Instituto de Direitos Humanos Dom José Luís Azcona

Rede um Grito pela Vida

Articulação Brasileira pela Economia de Francisco e Clara

ANIMA PUC MINAS

CNLB - Maringá/PR

MAMI - Mães de Amor Incondicional, Curitiba/PR

Pastoral da Moradia Região Episcopal Ipiranga, São Paulo

Comissão Justiça e Paz da Arquidiocese de Santarém/PA

Núcleo de Estudos Sociopolíticos (Nesp) - PUC Minas

Ampliada do CEFEP - Regional Sul 2 - Paraná

Diáconos pela Vida, Belo Horizonte/MG

Movimento Saúde Mental, Fortaleza/CE

Comissão Pastoral da Terra - CPT

Movimento de Libertação Popular- MLP

JPIC Passionista – Justiça, paz e Integridade da Criação

Conselho Nacional de Igrejas Cristãs de Minas Gerais CONIC-MG

Pastoral de Rua da Arquidiocese de Belo Horizonte/MG

Centro de Direitos Humanos de Formoso do Araguaia/TO

Centro de Direitos Humanos Franco Pelegrini de Salvador/BA

PROJETO VIDA - VIDA PROJETO

Rede Mandacaru RN Brasil

Missionárias de Cristo Ressuscitado, São Leopoldo/RS

Pastoral Nacional do Povo da Rua

Plataforma Brasília

Conselho Indigenista Missionário-Regional Sul.

Pastoral da Pessoa com Deficiência, São Paulo/SP

Equipes de Nossa Senhora, Recife/PE

POLÍTICA E RELIGIÃO - Núcleo Nacional da Teologia da Libertação

Comunidade das Carmelitas da Caridade de Vedruna, Belo Horizonte/MG

SINFRAJUPE - Serviço Interfranciscano de Justiça Paz e Ecologia

Associação Direitos Humanos e Meio Ambiente na Amazônia-ADHMA, Santarém/PA

VIVAT INTERNACIONAL/ BRASIL

ReUniR - Rede Unidade e Resistência, Porto Alegre/RS

Irmandade dos Devotos do Glorioso São Sebastião – Marajó/PA

JUPIC - Paróquia São Paulo Apostolo, São Paulo

Movimento Cursilho de Cristandade, Recife - PE

Ação Comunitária Pe Emir Rigon, São Paulo. Zona leste

FSJC - Fraternidade Sacerdotal Jesus Caritas no Brasil

Articulação Comboniana de Direitos Humanos, São Paulo/SP

Comissão de Justiça e Paz e Integridade da Criação, Miss. Sagrado Coração, Província RJ, Juiz de Fora/MG

ADPUC PUC Minas, Belo Horizonte/MG

Mosteiro Discípulo Amado, Abreu e Lima/PE

Serviço Jesuíta a Migrantes e Refugiados, Brasília-DF

Paroquia Santo Antônio, Pouso Alegre MG

Leigos Missionários Combonianos – Brasil

CJPIC- ES Vila Velha ES.

Centro de Direitos Humanos de Palmas – CDHP, Palmas/TO

IFAP - Congregações das Irmãs Franciscanas do Apostolado Paroquial

APSERJ - Associação Profissional dos Sociólogos do Estado do Rio de Janeiro /RJ

Equipe Itinerante, Manaus, AM

Escola de Fé e Política Waldemar Rossi, São Paulo SP

Pastoral Carcerária Nacional

Comissão Diocesana Justiça e Paz de São José do Rio Preto/SP

Comitê Arquidiocesano de Bioética, Belo Horizonte MG

Católicas pelo Direito de Decidir, São Paulo/SP

CEBs de São José do Rio Preto/SP

Fórum Socioambiental da Zona Oeste, Rio de Janeiro

Iser Assessoria, Rio de Janeiro

Missionarias de Maria – Xaverianas, Belém - PA

Pastoral do Turismo no Brasil, Salvador/BA

Escola de fé e Política, Tubarão/SC

Instituto Brasileiro de Análises Sociais e Econômicas (Ibase) Rio de Janeiro, RJ

Rede Nacional de Grupos Católicos LGBT Nacional

Pastoral da caridade de João Pessoa-PB

Cáritas Diocesana de Nova Friburgo/RJ

IPJ - Instituto Paulista de Juventude, SÃO PAULO

Centro Ecumênico de Estudos Bíblicos do Pará - CEBI/PA, Belém/PA.

Centro Ecumênico de Estudos Biblicos - CEBI-TO, Palmas/TO

CNLB - Norte 3, Palmas/TO

Movimento Estadual de Direitos Humanos, Palmas TO.

Conselho Indigenista Missionário - CIMI, Regional Goiás/Tocantins- CIMI GO/TO

Juventude Franciscana- Fraternidade Monte Alverne, São João Del Rei/MG

Congregação das Irmãs Franciscanos do Apostolado Paroquial, Lages - SC

CEBI Nacional, São Leopoldo - RS

Ordem Franciscana Secular do Brasil (OFS), Rio de Janeiro

Pastoral Catequética, São José do Rio Preto, SP

Centro Alceu Amoroso Lima para a Liberdade/CAALL, Petrópolis RJ

Pastoral Fé e Política da Diocese de Campo Limpo, SP

Diálogos da Esperança, Rio de Janeiro

CIEMA - Centro Internacional de Estudos do Método APAC, Itaúna/MG

JPIC da Ordem Franciscana Secular do Brasil, Rio de Janeiro

Conselho Nacional da CVX Brasil, Rio de Janeiro

Pastoral Operaria, Arquidiocese de Vitória ES

Irmãs Missionárias do Sagrado Coração de Jesus, São Paulo/SP

Conselho Pastoral dos Pescadores NE 2. Paulista/PE

Congregação das Irmãs Catequistas Franciscanas

Paróquia Nossa Senhora da Conceição - Diocese da Campanha/MG

VIVAT Brasil

Missionárias Servas do Espírito Santo, Ponta Grossa/PR

Rede de Notícias da Amazônia RNA, Santarém/PA

JUFRA do Brasil

OFS – Ordem Franciscana Secular, Foz do Iguaçu/PR

Movimento Nacional População de Rua-MNPR no RN

Caritas Brasileira Regional Piauí / CNLB NE 4, Teresina - PI

Escola Família Agrícola de Jaboticaba, BA

Comissão Episcopal Pastoral para a Ação Social Transformadora da CNBB NORTE 3, Palmas -TO

Coletivo, Rio de Janeiro - RJ.

Serviço Amazônico de Ação, Reflexão e Educação Socioambiental - SARES, Manaus/AM

Fórum Igrejas e Sociedade em Ação - Arquidiocese de Vitória-ES

CRB - Regional Norte 1 AM/RR

CJP da Diocese de Palmares/PE

Comitê REPAM - Regional Norte 1 AM/RR

quarta-feira, 19 de outubro de 2022

Colaboradores do Hospital Independência participam de formação sobre Tráfico Humano



Porto Alegre/RS
- É importante pautar a temática do tráfico de pessoas em todos os espaços. Foi com essa certeza que a Rede Um Grito Pela Vida – Núcleo de Porto Alegre, em parceria com o Hospital Independência, promoveu uma formação sobre o tema com os colaboradores/as do estabelecimento.

A formação aconteceu na quinta-feira, dia 13 de outubro, e foi um importante espaço de informação e formação para os colaboradores. O convite para o evento partiu da Irmã Maria Cecília Koerbes, Diretora Institucional do hospital, que pertence à Rede de Saúde Divina Providência e atende ao público 100% SUS.

A palestra foi facilitada pela Irmã Maria Helena Lorscheiter, sdp, com a contribuição da Psicóloga Maluany, da AICAS - Associação Inter-Comunitária de Atendimento Social. O tema foi abordado a partir da perspectiva: “crime hediondo que descaracteriza a dignidade do ser humano”.


“Foi um trabalho de conscientização muito proveitoso, que teve boa receptividade. Assim vamos acendendo luzes e enfrentando, com comprometimento, esta realidade. Gratidão pela experiência e sigamos confiantes.”, destaca publicação do CRB do Rio Grande do Sul.



Fotos: CRB Rio Grande do Sul




domingo, 16 de outubro de 2022

Conheça as referenciais regionais da Rede Um Grito Pela Vida

A nossa rede é forte porque é tecida por mulheres e homens de coragem, força, profetismo e luta que atuam em diversos núcleos! Na missão que assumimos, temos a alegria de ter companheiras de caminhada que, com disponibilidade e generosidade, ajudam a Coordenação Nacional como Referenciais Regionais, que trabalhando em comunhão, animam os núcleos da nossa Rede Um Grito Pela Vida em todo o Brasil. Conheça essa equipe ampliada.










quinta-feira, 13 de outubro de 2022

Nota de repúdio frente às declarações da Sra. Damares alves



A Rede Um Grito pela Vida, vinculada à Conferência dos Religioso do Brasil (CRB), REPUDIA VEEMENTEMENTE O DISCURSO feito no domingo, dia 9 de outubro, num Templo da Assembleia de Deus Ministério Fama de Goiânia, pela da ex-Ministra de Estado da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Sra. Damares Alves. Nele, a ex-ministra afirma estar de posse de vídeos e documentos que provam a existência da exploração sexual de crianças, na Ilha de Marajó, no Pará.

Como entidade reconhecida da sociedade civil organizada, exigimos que a denúncia, feita por uma pessoa pública, a Sra. Damares, seja imediata e rigorosamente investigada pelas autoridades competentes, e que sejam tomadas, as medidas de lugar, com a urgência exigida pela gravidade do caso.

Exigimos também que a Secretaria da Mulher, Família e dos Direitos Humanos do Pará apresente ao Ministério Público deste Estado, informações sobre supostos crimes contra crianças, conforme solicitação deste Órgão. Que se apure se houve denúncia ao Ministério Público, à Polícia ou ao Conselho Tutelar.

Outrossim, repudiamos a atitude da Senhora Damares de aproveitar a ocasião de um culto religioso, para fazer declarações de caráter político partidário, sem apresentar provas dos fatos denunciados.



Mensagem das Irmãs da Divina Providência à Rede Um Grito Pela Vida



Mensagem recebida durante da Assembleia Nacional da Rede Um Grito Pela Vida.

IRMÃS DA DIVINA PROVIDÊNCIA
PROVÍNCIA DA SANTÍSSIMA TRINDADE


Curitiba, 08 de outubro de 2022.

Querida Irmã Valmi e demais membros da Coordenação Nacional da “Rede Um Grito pela Vida!”

Agradecemos a cada membro desta Equipe pelo empenho, dedicação e amor pela causa da VIDA dos mais vulneráveis, fragilizados, sem vez e sem voz.

Vocês são e continuarão sendo a voz que clama pela libertação da VIDA, especialmente daqueles que, iludidos por promessas mentirosas e maldosas, foram-lhe roubadas todas as possiblidades de desvencilhar das correntes neles colocadas.

A missão de vocês é como trazer do fundo da escuridão destas pessoas, o fio de luz que ainda fumega, e, agarrada nela, convoca, conclama para a esperança, à luz, ao amor, à vida. 

Sintam-se apoiadas/os, fortalecidas/os e confirmadas/os, com este texto do Profeta Isaías: 

“Ele me enviou para dar a boa notícia aos pobres, para curar os corações feridos, para proclamar a libertação dos escravos e pôr em liberdade os prisioneiros...”  Is 61, 1b

Suplicamos ao Pai Amoroso que renove em cada membro da Equipe Nacional, a fortaleza, a sabedoria e o discernimento, dons do Espírito do Senhor, para continuar nesta missão, tão gritante e tão urgente em nosso tempo. 

O abraço fraterno das Irmãs da Divina Providência - Província da Santíssima Trindade.

terça-feira, 11 de outubro de 2022

Eleição da Equipe Nacional e Envio missionário marcaram o último dia de Assembleia


No último dia de Assembleia Nacional, domingo, 09 de outubro, as delegadas elegeram, a nova equipe da Coordenação Nacional da Rede Um Grito Pela Vida.

A eleição é o momento culminante da construção coletiva das prioridades para a Rede. A equipe eleita possui a responsabilidade de zelar pela fidelidade evangelizadora e social da RUGPV, dinamizar a vida e missão para que as prioridades escolhidas sejam realizadas, animar os/as integrantes em seus núcleos, além de representar institucionalmente a Rede nos espaços de comunhão com a causa.

Para tal, foram eleitas as seguintes Irmãs para o triênio 2023-2025:

Irmã Isabel do Rocio Kuss
Coordenadora Nacional
Religiosa da Congregação das Irmãs Catequistas Franciscanas e atualmente em Manaus-AM.

Irmã Sirleide Cabral de Oliveira
Irmãs Franciscanas de Dillingen | atual Refencial Nordeste

Irmã Cirley Covatti
Congregação de Jesus | Núcleo de São Paulo (SP)

Irmã Sandra Ede
Irmãs Dominicanas de N. Sra. do Rosário de Monteils | Núcleo de Goiânia (GO)

GRATIDÃO PELO DEVER CUMPRIDO 



Após a eleição da nova Coordenação Nacional,  foi a vez de agradecer as trocas, o fortalecimento das experiências e viver a comunhão com o Sagrado. Ao entoar o Hino da Rede, de modo especial o refrão: “Um grito pela vida tão sofrida quero ouvir, milhares de outras vozes, solidárias vão se unir”, as participantes reafirmaram o compromisso em defesa da vida e da dignidade humana.

Durante a celebração também foi feito um breve resgate histórico da Rede um Grito pela Vida: “surge de um grito místico profético da Vida Religiosa Consagrada em favor de tantas vidas ameaçadas pelo mercado do tráfico humano em todo o mundo, especialmente no Brasil”, lembrou Irmã Valmi Bohn. 

O momento orante contou com o agradecimento das sementes semeadas ao longo dos 15 anos de existência da Rede e a oração de Santa Josefina Bakhita, inspiradora e protetora da missão.

De forma orante e num gesto de fraternidade, as Irmãs que integram a coordenação nacional foram ungidas com óleo, indicando a confirmação da unidade, da graça e a disposição para estarem sempre atentas ao sofrimento e a libertação das pessoas. Esse gesto marcou as trinta e quatro pessoas que participaram da assembleia e as Irmãs convidadas que estiveram presentes na celebração de encerramento.




Com a entrega da vela à Coordenação Nacional e às referenciais regionais para iluminar os caminhos e a missão, foi entoado a benção “Que o Senhor esteja à nossa frente, para nos mostrar o caminho certo. Esteja ao nosso lado para nos abraçar e proteger. Esteja atrás de nós para evitar que caiamos em tentação. Esteja junto de nós para nos consolar quando estivermos tristes. O Senhor esteja acima de nós par nos abençoar”.  

Com alegria, abraços, aperto de mão e foto oficial dos participantes, deu-se por encerrada a 6ª Assembleia Nacional da Rede um Grito pela Vida.









segunda-feira, 10 de outubro de 2022

15 anos de história: “Festa da Menina-Moça”


Com uma playlist diversificada e os principais estilos musicais que representam as regiões brasileiras, a noite festiva da Assembleia Nacional da Rede Um Grito Pela Vida contou com danças, declamação de poesia e interpretação musical, além é claro, dos sabores marcantes como chocolate de cupuaçu, cacau in natura, castanhas de caju e amendoim, banana chip e pão de queijo.

O Grupo de Animação transformou o auditório num espaço propício para promover a integração, transbordando a alegria pelos 15 anos da Rede um Grito pela Vida. 

A Coordenação Nacional da Rede revelou algumas surpresas: cada participante foi presenteado com uma camiseta comemorativa dos 15 anos; um lindo e delicioso Bolo enfeitado com flores naturais, representando as lutas, os desafios e as conquistas alcançadas, que foi cortado pela coordenação nacional, pelas referenciais regionais e pela Irmã Eliane Cordeiro, presidente da CRB Nacional e um brinde à vida de todas as/os participantes da Rede, bem como os interlocutores da missão da rede.

Houve um momento de agradecimentos à coordenação cessante, Irmãs Valmí, Bernardete e Rosa Elena, com oferecimento de uma pequena lembrança e muitos abraços. 




E para encerrar, muita música boa para brincar, dançar e se alegar. Um momento leve, descontraído e expressão de muita alegria e gratidão.

Viva a Vida!











Por: Cristóvão Domingos de Almeida  – Regional Centro Oeste