Mais notícias

quarta-feira, 13 de abril de 2016

A semente foi lançada e deu frutos - Articulação Núcleo São Paulo


Como é bom continuar a articular com novas parcerias!

As articulações crescem em trocas diversas. Estas contribuem para o crescimento da Rede Um grito pela Vida no Núcleo de São Paulo. 

Crecia, leiga comboniana, ressalta: "a semente foi lançada em junho de 2015, em Vitória (ES), na Assembleia da Congregação Comboniana e já deu frutos, pois temos a Rede Um Grito pela Vida nos acompanhando e facilitando nosso debate sobre o Tráfico de Pessoas aqui na Escola de Cidadania e no Centro de Direitos Humanos de Sapopemba, zona leste de São Paulo. Organizações e pessoas têm a meta de firmar um compromisso como multiplicadores e multiplicadoras."

Com essa perspectiva, no dia 8 de abril de 2016 realizou-se uma oficina com a participação de aproximadamente 40 pessoas leigas, provindas de um leque muito rico de organizações e entidades, tanto governamentais quanto não-governamentais.


DEBATE: “O que tem a ver o tráfico conosco”.

Concluiu-se que o tráfico de pessoas está mais perto de nós do que se pensa. Perpassa a realidade cotidiana da população do bairro e apresenta-se também como um desafio, com a concomitante necessidade de encontrar vias de enfrentamento nesse local, sobretudo, na perspectiva da prevenção e sensibilização. Nesse sentido, objetiva-se fortalecer ainda mais esta parceria com a troca de materiais e organização de ações de prevenção ao tráfico, particularmente, na época das Olimpíadas.

O que nos marcou neste espaço de formação foi constatar que não temos apenas “cheiro de luta”, posto que existem pétalas da pluralidade de flores desabrochando para uma luta concreta, no compromisso com a causa de enfrentamento ao tráfico humano e também no contexto da conjuntura atual do país e de outras realidades gritantes e desafiadoras que o envolvem.


Ir. Manuela Rodríguez Piñeres(OSR)  - Rede Um Grito pela Vida- Núcleo SP

Nenhum comentário:

Postar um comentário