Mais notícias

segunda-feira, 12 de outubro de 2015

I CONGRESSO INTERNACIONAL DE ENFRENTAMENTO AO TRÁFICO DE PESSOAS - RIO BRANCO - AC


I CONGRESO INTERNACIONAL CONTRA LA TRATA DE PERSONAS – RIO BRANCO – AC

A Rede Um Grito pela Vida e a Faculdade Diocesana São José realizaram, nos dias 09 -12 de outubro de 2015, o I Congresso Internacional de enfrentamento ao Tráfico de Pessoas. 




O objetivo deste era sensibilizar e informar sobre a prática de exploração e violação de direitos, assim como partilhar ações que já vem sendo realizadas nos nossos lugares de origem: Peru, Bolívia e Brasil.


Na sexta feira a noite foi realizada a abertura do evento, para o qual se fizeram presentes Dom Joaquín Pertiñez, bispo da diocese de Rio Branco, a coordenadora nacional da Rede um grito pela vida Irmã Eurides Alves de Oliveira, o Consul de Bolívia, o Ministério Público e diversos representantes dos governos estadual e municipal. Inicialmente tivemos uma apresentação de teatro: “Eu não sou mercadoria”. A palestra de abertura foi “A dignidade humana”, realizada pelo bispo da diocese. A seguir a Ir. Eurides Oliveira apresentou a Rede  

Um Grito pela Vida e a desafiante missão que é realizada


No sábado, após a mística, a Dra. Tereza Cruz – UFAC – nos ajudou a refletir sobre a mulher acreana e sua história. A seguir, o Sr. Fabio Fabricio Pereira da Cruz, membro do Comité Estadual de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas, apresentou os conceitos básicos de tráfico de pessoas, assim como os dados registrados a nível do estado do Acre. Na parte da tarde, o Sr. Crispim, membro da Rede compartilhou a sua experiência e seu olhar sobre a realidade de migração dos Haitianos e senegaleses que entram no Brasil pela fronteira Peru/Acre. Na continuidade  assistimos o documentário brasileiro “Cinderelas, lobos e um príncipe encantado”, a partir do qual realizamos um denso e profundo debate. Finalizamos nossos trabalhos da tarde com “o Tratado de Palermo”, apresentado pela Dra. Nazaré, do Ministério Público.

O domingo foi reservado para a partilha de experiências nos lugares de origem

Iniciamos com a Eucaristia e depois os núcleos de Porto Velho, Manaus e Rio Branco compartilharam suas experiências e desafios. Também os representantes do Peru, da organização chsalternativo, expuseram a sua maneira de trabalhar no enfrentamento do tráfico de pessoas, assim como suas conquistas e desafios. Finalmente concluímos acolhendo a luz de cristo como aquele que ilumina o nosso compromisso de enfrentamento ao Tráfico.

O tema abordado é imensamente desafiante. O seminário evidenciou mais uma vez a gravidade e grande incidência desta realidade no estado, nos países.  No entanto, experimentamos uma grande esperança ao constatar o crescimento do número de pessoas sensibilizadas que contribuem e/ou estão dispostos a colaborar com atitudes concretas diante deste problema social através de ações que promovem e defendem a vida.
 












A luta continua,  Enfrentar o tráfico de pessoas é nosso Compromisso!

Nenhum comentário:

Postar um comentário