Mais notícias

terça-feira, 22 de julho de 2014

Papa nomeia mulheres consultoras para Dicastério Romano


ESCRITO POR CRB COMUNICAÇÃO LIGADO 18 JULHO 2014. PUBLICADO EM DESTAQUE


Da esquerda para direita: Lourdes Grosso García, Irmã Marcella Farina,fma e Irmã Maria Domenica Melone, afa.

Por Rosinha Martins|18.07.14| As religiosas Marcella Farina, salesiana, docente de Teologia Fundamental e Sistemática na Pontifícia Faculdade de Ciência da Educação “Auxilium”; Maria Domenica Melone, reitora da Universidade Antonianum de Roma, da Associação das Franciscanas Angelinas, a patrona do Tribunal Eclesiástico Regional Lombardo, Elena Lucia Bolchi, consagrada da Ordo Virginum da arquidiocese de Milão e a leiga Lourdes Grosso García, diretora do secretariado da comissão episcopal para a Vida Consagrada da Conferência Episcopal Espanhola, foram nomeadas, na quarta, 16, pelo Papa Francisco, como consultoras da Congregação para os Institutos de Vida Consagrada e as Sociedades de Vida Apostólica, um dos dicastérios da Cúria Romana.

A escolha de mulheres consultoras na Cúria, pode ser, talvez uma tentativa do Papa Fancisco em concretizar o seu pensamento exposto no documento Evangelii Gaudium, no qual ressalta que é preciso alargar os espaços para uma experiência feminina mais incisiva na Igreja. “O gênero feminino é necessário em todas as expressões da vida social; para tal motivo se deve garantir a presença das mulheres também no âmbito do trabalho e nos diversos lugares onde são tomadas as decisões mais importantes, tano na Igreja como nas estruturas sociais?”(EG 103)

Junto a elas foram nomeados, também como consultores, religiosos como o procurador geral da Companhia de Jesus e professor de Direito Canônico da Pontifícia Universidade Gregoriana, o padre Robert J. Geisinger, sj, o salesiano e professor de Direito Canônico na Pontifícia Universidade Salesiana de Roma, o padre Jesu Maria James Pudumai Doss, o decano da Faculdade de Direito Canônico de Toulouse(França), o dominicano Loïc Marie Le Bot, o claretiano vice-diretor do Instituto Teológico de Vida Consagrada de Madrid, o padre José Cristo Rey García Paredes e o pavoniano e professor de Formação para a Vida Consagrada da Pontifícia Faculdade de Ciência da Educação “Auxilium” o padre Pier Luigi Nava, o carmelita, professor emérito de Espiritualidade Moderna e Fundamental da Pontifícia Universidade Gregoriana, o padre Bruno Secondin e o jesuíta e decano da Faculdade de Direito Canônico da Pontifícia Universidade Gregoriana, o padre Yuji Sugawara.

Bruno Forte, arcebispo de Chieti-Vasto, Itália e Angelo Vincenzo Zani, arcebispo titular de Volturno, Secretário da Congregação para a Educação Católica, também foram nomeados pelo Papa para esta função.

As Congregações são alguns dos diversos dicastérios da Cúria Roma que colaboram com o Papa no governo espiritual e material da Igreja Católica e são compostos por cardeais, arcebispos e bispos, encarregados de assuntos eclesiásticos particulares. Contam com colaboração de um colegio de consultores nomeados entre os experts em matérias afins. O colégio de consultores para a Congregação para os Institutos de Vida Consagrada e as Sociedades de Vida Apostólica, como os outros, é renovado por um tempo estabelecido e são escolhidos aqueles que podem dar contribuição específica e propositiva do ponto de vista da teoria e da prática à Vida Consagrada.

Fonte:vidimusdominum/tradução:Rosinha Martins

Nenhum comentário:

Postar um comentário