Mais notícias

sexta-feira, 8 de julho de 2016

Núcleo de Rio Branco participa do seminário "Projeto Fronteiras" - Atendimento às Mulheres Vítimas do Tráfico de Pessoas e outras formas de Violência em regiões de fronteira



A Rede um Grito pela Vida, Núcleo de Rio Branco/AC, participou nos dias 05 e 06 de julho, em Brasiléia (Alto Acre), do Seminário “Projeto Fronteiras” - Diálogos Formativos - Atendimento às Mulheres Vítimas do Tráfico de Pessoas e outras formas de Violência em regiões de fronteiras




O Projeto Fronteiras é encabeçado pela ASBRAD (Associação Brasileira de Defesa da Mulher, da Infância e da Juventude) e é realizado em 10 municípios fronteiriços do Brasil.



Mais de 30 entidades governamentais e organizações não governamentais se detiveram na discussão do tema. Na mesa de abertura, a Rede Um Grito pela Vida foi convidada a apresentar sua história, objetivos e trabalhos realizados na região. Este foi o momento de dar visibilidade à Rede, bem como oportunidade para articulações e busca de ações integradas.

Alguns dos temas discutidos no seminário:  
  • Violência de Gênero e Tráfico de Pessoas; 
  • Promoção e Garantias dos direitos das Mulheres: marcos conceituais e normativos; 
  • Metodologia de Atendimento às mulheres vítimas do tráfico de pessoas e outras formas de violência.


Nos dois dias de evento, mesmo com olhares e metodologia de trabalho diferenciadas, cada participante demonstrou preocupação com a problemática cada vez mais crescente nas fronteiras do estado do Acre. Percebeu-se que cada entidade tem o mesmo objetivo: combater ou enfrentar o Tráfico humano.

Irmã Isabel do Rocio Kuss - CF
Núcleo de Rio Branco/Acre


Nenhum comentário:

Postar um comentário