Mais notícias

sexta-feira, 9 de maio de 2014

Tráfico Humano - PIT STOP de sensibilização

Campanha da Fraternidade 2014
Traficar pessoas é crime! Denuncie discando 100 ou 180.

Em 16 de maio próximo, das 17 às 19 horas, grupos de todas as paróquias de Porto Velho realizarão PIT STOP nas principais ruas da cidade para alertar a população sobre o tráfico humano, uma das mais graves violações de direitos em nossa época. O objetivo é quebrar o silêncio, alertar sobre a existência de rotas de tráfico de pessoas em nossa região, sensibilizar para não sermos indiferentes e incentivar as denúncias através dos números 100 e 180.

O tráfico de pessoas é uma das atividades ilícitas mais lucrativas, que movimenta anualmente cerca de 32 bilhões de dólares segundo a ONU. Os dados da Organização Internacional do Trabalho em 2012 denunciam que 20,9 milhões de pessoas encontram-se em situação de trabalho forçado ou de tráfico em todo o mundo. Nunca houve tantos escravos como nos nossos dias! Mais de 50% deles são mulheres e 26%, crianças e adolescentes.

O Brasil é um país de origem, trânsito e destino de pessoas traficadas. As principais rotas se encontram na Região Norte (Pesquisa Nacional sobre Tráfico de Mulheres, Crianças e Adolescentes. PESTRAF, 2002). Em nosso Estado existem rotas internas e internacionais de tráfico de pessoas para fins de exploração sexual e trabalho escravo (ENAFRON, outubro 2013).

A Convenção das Nações Unidas contra o Crime Transnacional – Protocolo adicional relativo à Prevenção, Repressão e Punição do Tráfico de Pessoas (Palermo 2000) define o tráfico de pessoas como “o recrutamento, o transporte, a transferência, o alojamento ou o acolhimento de pessoas, recorrendo à ameaça ou uso da força ou a outras formas de coação, ao rapto, à fraude, ao engano, ao abuso de autoridade ou à situação de vulnerabilidade ou à entrega ou aceitação de pagamentos ou benefícios para obter o consentimento de uma pessoa que tenha autoridade sobre outra, para fins de exploração. A exploração incluirá, no mínimo, a exploração da prostituição de outrem ou outras formas de exploração sexual, o trabalho ou serviços forçados, escravatura ou práticas similares à escravatura, a servidão ou a remoção de órgãos”.

O tema proposto pela Campanha da Fraternidade em 2014 desafia homens e mulheres de boa vontade. Não podemos nos calar frente a este grave crime que atenta à dignidade humana.

Durante o PIT STOP serão também coletadas assinaturas para o Projeto de Iniciativa Popular que propõe a Reforma Política. Quem quiser apoiar deve levar seu título de eleitor. Em todo o Brasil 200 mil assinaturas já foram coletadas, mas ainda são necessárias ao menos outras 1.300 mil assinaturas. É possível chegar a este número, basta que façamos a nossa parte.

Porque escolhemos o dia 16 de maio de 2014?

Por dois motivos:

  • 18 de maio é o Dia Nacional de Enfrentamento ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. É uma data significativa para fortalecer, em todo o Brasil, o compromisso pela superação da violência sexual contra nossas crianças e adolescentes. Precisamos juntar forças para promover e pleitear políticas públicas preventivas e de acompanhamento às vítimas.
  • Aproxima-se a abertura oficial da Copa do Mundo da FIFA. O Brasil inteiro está se preparando para acolher este grande evento esportivo internacional. As edições anteriores demonstraram que megaeventos como este aumentam a exploração sexual e consequentemente, o risco de tráfico de pessoas. Na semana de 12 a 16 de maio, em Brasília e no Vaticano, a Rede Um Grito pela Vida da Conferência dos Religiosos do Brasil apresenta à imprensa a campanha: “Jogue a favor da vida. Denuncie o tráfico de pessoas”, campanha preventiva ao tráfico de pessoas antes e durante a copa do mundo.

Procure o grupo mais próximo, participe desta rede, levante sua voz e diga não ao tráfico humano.

Pontos do PIT STOP

Paróquia São João Bosco
Avenida Abunã com Brasília; Avenida Jorge Teixeira com Calama

Paróquia São Cristóvão
Rua Pinheiro Machado c/ Rafael Vaz e Silva; Carlos Gomes c/ Guanabara; Carlos Gomes c/ Brasília.

Paróquia Santa Luzia
Praça da Pirâmide e sinaleiras da Jatuarana com a Geraldo Siqueira, Jatuarana com a Tancredo Neves e Jatuarana com a Miguel Calmon. 

Paróquia Sagrada Família
Carlos Gomes com Jorge Teixeira; Rio Madeira com Vieira Caula

Paróquia Nossa Senhora de Nazaré
Rua Pau Ferro, 640.

Paróquia Nossa Senhora das Graças
Avenida Nações Unidas

Paróquia Nossa Senhora do Amparo
Rua Amazonas com Guaporé; Raimundo Cantuária; Rio de Janeiro com Rio Madeira

Paróquia São Luiz Gonzaga
Rio Madeira com Calama

Paróquia Nossa Senhora do Rosário
Avenida Calama com Presidente Dutra; Avenida Imigrantes (antiga Costa e Silva) com Avenida Farquar.

Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro
Av. Abunã com Presidente Dutra e Pinheiro Machado com Presidente Dutra

Área Missionária São João Batista
Av. Campos Sales com Alexandre Guimarães

Paróquia Nossa Senhora da Conceição (Candeias do Jamari)
Rua Tancredo Neves.

Paróquia Sagrado Coração de Jesus (Catedral)
Rua Gonçalves Dias com Dom Pedro II.

Paróquia São José Operário
Avenida Campos Sales com Algodoeiro; Avenida Jatuarana com Campos Sales.

Santuário Arquidiocesano Nossa Senhora Aparecida
José Amador dos Reis com Plácido de Castro e Benedito Inocêncio com Av. Mamoré

Santuário Nossa Senhora de Fátima
Campo Sales c/ Almirante Barroso, Alexandre Guimarães c/ Esron de Mensezes e Sete de Setembro.

Contato: pastoralpvl@yahoo.com.br
Pe. Jaime Luiz Gusberti

Coordenador de Pastoral

Nenhum comentário:

Postar um comentário