Mais notícias

segunda-feira, 4 de março de 2013

Goiânia: Manhã de reflexão


“Tudo o que acontece conosco, com as pessoas com quem convivemos, em nosso país e no mundo, no cosmos e na Historia, encerra UM TOQUE do Deus encarnado, terno e misericordioso, que nunca nos abandona!”
                                                                            

Em nossa última Assembléia da CRB da Regional de Goiânia, espaço privilegiado da graça, que nos favoreceu a reflexão e eleição de nossas prioridades para o próximo triênio, constatamos que se faz urgente à Vida Religiosa, entre tantos, mais um apelo forte no que se refere ao atentado e à degradação da vida provocada pelo trafico de seres humanos, pela dependência química e pelo extermínio de jovens. O trafico humano, devido especialmente a seu baixo custo e risco, para os que dele vivem, tem crescido tanto, nos últimos tempos, que passou a ser o segundo negócio mais rentável do mundo, perdendo apenas para a indústria da guerra.

Atendendo ao apelo da Equipe Nacional, para responder à nossa vocação de salvar a dignidade humana, seja em que circunstancias for, está sendo organizada, dentro do plano trienal, uma linha de ação em Defesa da Vida. Nossa Regional propõe a criação e articulação de um Grupo de Trabalho e Reflexão (GT) ligado à “Rede um Grito pela Vida”, para refletir e suscitar iniciativas de 1. prevenção/ denuncia, 2. atendimento e 3. repressão contra  o trafico de seres humanos. O apelo está sendo feito às congregações e pessoas (leigos e leigas) que desejam somar neste trabalho árduo, porém profético. Contamos com seu apoio, adesão e participação afetiva e efetiva neste trabalho.

A Igreja já denunciou de maneira consistente esta moderna forma de escravidão. Queremos lembrar as palavras do Papa Bento XVI em sua mensagem pelo Dia Mundial das Migrações: “Torna-se fácil para o traficante oferecer seus “serviços” às vítimas que, muitas vezes, nem desconfiam do que as espera. Em alguns casos, mulheres e meninas são destinadas à exploração como se fossem escravas no trabalho e também na indústria do sexo”.

Haverá uma primeira reunião no dia 26/02/2011, das 08 às 12h na sede da CRB, para refletir sobre esta realidade, bem como ações concretas de trabalho e estruturação do GT. Venha participar conosco! Em outubro 2011 está previsto o Encontro Nacional da Rede um Grito pela Vida, aqui em Goiânia, possivelmente na CAJU. Precisaremos ajudar nessa preparação.

Aguardando vocês

Pe. Geraldo Labarrere, SJ e Ir. Gertrud Fokter, MC

Nenhum comentário:

Postar um comentário