Mais notícias

segunda-feira, 4 de março de 2013

Um Grito


por Denise Morra, PI

 Com a proximidade do 7 de setembro e o Grito dos Excluídos, queremos nós “Rede um Grito pela Vida” – Espaço de Articulação e Ação Solidária da Vida Religiosa do Brasil na prevenção ao Tráfico de Pessoas, gritar contra este crime de caráter transnacional e a mais nova forma de escravidão do século.
O tráfico de pessoas é uma grave violação dos direitos humanos e crime com o propósito de alimentar a exploração da indústria do sexo, servidão doméstica, trabalho escravo, comércio de órgãos.
No Brasil este grito - o tráfico de pessoas - ganha corpo com a criação de uma CPI no Senado e a discussão do 2º Plano Nacional de Enfretamento ao Tráfico de Pessoas e a proximidade de eventos internacionais como a Copa do Mundo e Olimpíadas.
É importante gritar que o tráfico de pessoas está diretamente ligado a baixa escolaridade, a expectativa reduzida de mobilidade social, aos sonhos da juventude em busca de melhores condições de vida e a vulnerabilidade de mulheres e crianças, entre outros. Segundo estudos realizados no Brasil pela Organização Européia - Centre for Migration Policy Development (ICMPD), o Piauí está entre os estados com mais vítimas de tráfico de pessoas devido o recrutamento se dar em áreas periféricas e pobres do país “onde pouco se sabe sobre o fenômeno do trafico de seres humanos e sobre os direitos dos migrantes”.
Precisamos reagir:
- Busque e socialize informações com relação a este crime!
- Fique de olho em promessas fantásticas!
- Realize ações educativas de prevenção!
- Intensifique a luta por políticas públicas em defesa da vida!
- articule e integre ações de apoio e assistência às pessoas traficadas.
- Denuncie! Ligue 180

Nenhum comentário:

Postar um comentário