Mais notícias

segunda-feira, 4 de março de 2013

PREVENÇÃO E ENFRENTAMENTEO AO TRÁFICO DE PESSOAS


“ Eu vim para que todos tenham a vida em abundância ” (Jo 10,10 )
“Buscai primeiro o Reino de Deus ”(Mt 6,33)
“Amai-vou uns aos outros como eu vos amei ”(Jo 15,12)

A partir destas Palavras de Jesus os cristãos em geral especialmente os consagrados e os religiosos não podem ser indiferentes e nem isentos desta batalha contra o crime do tráfico de pessoas. A Igreja Católica está muito consciente deste mal que cada vez mais tem se expandido mundialmente. Por isso a própria CNBB, por meio da pastoral da Mobilidade Humana, Migrantes e Refugiados está estudando especificamente como combater e conscientizar a sociedade brasileira diante deste pecado e crime contra humanidade. 

A nossa Diocese de Bauru está participando e colaborando com esta nobre iniciativa do governo federal e agora estadual, para defender os direitos mais vulneráveis das crianças, mulheres e adolescentes na sociedade. A Igreja quer legitimar e consolidar esta luta evangélica e humanística para resgatar a dignidade humana. De fato hoje o sagrado está na própria pessoa humana mais do que em qualquer objeto. É realmente muito importante que a Igreja esteja junto com a sociedade ou na sociedade como uma parceira. Ela tem um papel importante para garantir e valorizar a dignidade humana e sua inviolabilidade apresentada na Bíblia e doutrina social da Igreja.

Quase todos os dias, os jornais da região publicam sobre a apreensão das drogas (entorpecentes) na rota das grandes rodovias e favelas. Justamente a cidade de Bauru é o centro do entroncamento das rodovias e ferrovias na região que se liga com os países de produção de drogas que vão ser transportadas para cidades metrópoles como São Paulo e Rio de Janeiro etc... Essas cidades movimentam grande quantidade de dinheiro, o que forma uma máfia que se une à quadrinha do tráfico de pessoas. 

A iniciativa do Comitê de Prevenção e Enfrentamento ao Tráfico de pessoas é de orientar, despertar e conscientizar a população em geral, para a necessidade de fazer o mapeamento concreto da Região. E junto com as autoridades e com os órgãos oficiais tenham condições de desmantelar o sistema nocivo e perigoso. 
O mundo continua sendo um mundo cão, mas os cristãos devem transformá-lo cada vez mais próximo ao Reino de Deus com amor e respeito.

Jesus disse “ Eu venci o mundo ”( Jo 16,31 ) 

Pe.Isao Aoki SM
Coordenador do Núcleo de Bauru 
e Membro do Comitê de Prevenção e Enfrentamento ao TP Local

Nenhum comentário:

Postar um comentário