Mais notícias

segunda-feira, 4 de março de 2013

Roma, Encontro de Talitha Kum

Data: de 30 de maio  até 1° junho de 2011; Lugar: Roma, Itália

O Primeiro Encontro da Coordenação de Talitha Kum realizou-se, em Roma, de 30 de maio a 1º de junho de 2011.

Após dois anos de missão na luta contra a trata, os membros da Talitha Kum sentiram a necessidade de reunirem-se, tomar contato entre si e avaliar o caminho percorrido em favor das vitimas e dos setores mais vulneráveis da trata de pessoas.

Participaram do encontro de coordenação as coordenadoras das Redes afiliadas à Talitha Kum ou suas delegadas. (ver listas de participantes) Sr. Josune Arregui, CCV, UISG Secretário Executivo, oficialmente saudou os participantes e Arcebispo Joseph Tobin, o Secretário de CIVCSVA enfeitou o encontro com sua presença e palavras de encorajamento em sua saudação

Objetivos: O Encontro de Coordenação dedicou um espaço de tempo para que as participantes pudessem: 1- Refletir sobre as experiências partilhadas, as melhores práticas e as dificuldades da missão contra a trata de pessoas tendo presente um apoio e ajuda mútua. 2- Avaliar e elaborar o Plano de Ação de Talitha Kum. 3- Buscar estratégias bem definidas para a ação em vista de: 3.1- Consolidar Talitha Kum como Rede Internacional da vida Consagrada contra a Trata de pessoas (Ter um maior sentido de pertença para trabalhar em rede mais dinâmica e mais eficaz na proteção, ser referência e assistência, na situação delicada de resgate e proteção, cuidado e recuperação das vitimas e pessoas mais vulneráveis. 3.2 Uma gestão mais eficaz da rede. Pessoas Recursos O encontro de Coordenação se desenvolveu com grande êxito, graças ao valorosos empenho do Grupo de coordenação formado por:

1. Sr. Ines Gutierrez, SUSC
2. Sr. Zenaide Ziliotto, MSCS
3. Sr. Estrella Castalone, FMA
4. Dr. Stefano Volpicelli of IOM 

O Grupo Anti–Trata da Comissão de Justiça e Paz (USG-UISG) colaborou no desenvolvimento do encontro, graças aos serviços prestados em prover as necessidades das participantes. Desenvolvimento do Programa O encontro teve início com as informações dos membros da Rede onde apresentaram o que foi realizado na sua missão no campo da trata, durante os últimos dois anos, colocando em evidência os pontos fortes e os pontos débeis. Houve também uma exposição de Posters”, servindo como base para a reflexão e a discussão. A Irmã Estrella Castalone, FMA, coordenadora da Rede Talitha Kum, apresentou um informe sobre a realidade da mesma. Ela destacou os frutos já conquistados tais como: 1. Novos membros se agregaram à Rede: 1.1 AMRAT – Asia del Sur 1.2 Mans Deins le Man – África Oeste 1.3 Red Kawsay – Paises Bolivarianos 2. A Campanha anti-trata na África do Sul por ocasião da Copa do Mundo onde a Talitha Kum realizou o seguinte: 2.1 Seminário de Preparação em Johannesburg 2.2 Publicação de 4 cartas abertas ao público 2.3 Coletiva de imprensa, em Roma, com data de 6 de maio de 2010; lançamento oficial da campanha para marcar o início das iniciativas realizadas por religiosas no mundo inteiro, do dia 6 de maio de 2010 a julho de 2010 3. Lançamento do site web de Talitha Kum em 5 idiomas 4. Participação na “Conferência Internacional sobre O Rosto Feminino da Migração”, organizada pela Caritas Internacional.

5. Participação, como conferencista, em um encontro da Embaixada dos EE UU ligada a Santa Sé sobre “ Construir pontes de liberdade: Ação pública – Privada para terminar com a escravidão de hoje” – Roma, 18 de maio de 2011

6. Cursos de capacitação sobre trata em :

6.1 Senegal ( para religiosas da África Oeste)

6.2 Índia (para religiosas de Ásia Sul)

6.3 Peru (para religiosas dos Países Bolivarianos

6.4 Kênia (para religiosas da África Oriental

Irmã Estrella destacou também os aspectos de “sombra” de Talhita Kum a partir do seu ponto de vista, como coordenadora, convidando as participantes a assumirem o desafio de buscar estratégias para solucionar as debilidades da Rede.

Todos estes conteúdos foram objeto de reflexão e discernimento nos trabalhos de grupos tendo como base as seguintes perguntas:

Como posso melhorar meu sentido de pertença e assumir Talitha Kum?
Como nós podemos melhorar a organização de Talitha Kum?
Conclusão

Após três dias de trabalho e reflexão séria, discernimento e discussões sobre o significado de Talitha Kum e a organização da Rede, as Irmãs decidiram em comum acordo sobre os seguintes documentos conclusivos:

1. Um novo Comitê de Direção formado pela coordenadora e um grupo para ajudar a mesma na gestão da rede.

Coordenadora: Estrella Castalone, FMA

Membros do Comitê:
África: Patricia Ebegbulem, SSL
América: Gabriella Bottani, CMS
Ásia: Maria Victoria Sta. Ana, FMA
Europa: Dagmar Plum, MMS
Roma: Nicole Rivard. NDA
Roma: Claudio Barriga, SJ

2. Linhas de ação:

2.1 Visibilidade – Fazer com que Talitha Kum se torne “visível”, em primeiro lugar em todas as Congregações Religiosas no âmbito de cada uma das Conferências Nacionais de Religiosas.

2.2 Serviço – partilhar os serviços que realizamos em favor das vitimas da trata, do tráfico de pessoas e das ações de prevenção mediante um sistema aprimorado e atualizado da pagina web da Rede.

2.3 Trabalho em Redes – Ampliar os contatos para a identificação dos colaboradores.

Como os discípulos de Emaús, as participantes retornaram a seus países com o coração cheio de esperança, na certeza de que a Rede está apta para dar passos mais importantes na sua missão de levar o amor e a compaixão de Cristo às pessoas cujas vidas tenham sido atingidas por esta forma de escravidão moderna.

Ao concluir o encontro, tivemos a convicção de que todas as Irmãs de Talitha Kum partilhamos isto:

Talitha Kum não é somente o nome de nossa Rede mas, antes de tudo, a espiritualidade que nos inspira e que anima nosso compromisso na luta contra a trata, o tráfico de pessoas. Fazemos nossas as palavras de Talitha Kum!, palavras que Jesus (Lucas 8:55) dirige à menina que Ele ressuscitou, para que possamos continuar alimentando nossa esperança e nosso desejo de ressuscitar cada mulher, homem ou criança da horrível experiência desta forma de escravidão moderna e devolver a sua dignidade de filhos de Deus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário